Nessa série 3, vamos ver os detalhes do control chart, um dos relatórios tanto para times que utilizam o scrum board ou kanban board. Essencial para controlar o tempo de ciclo do seu produto, versão ou sprint. Permitindo identificar os tempos médios de cada fase do seu processo, e projetar a média, média móvel e o desvio padrão do seu tempo de ciclo.

Se você esta acompanhado essa nossa maravilhosa série, não deixe de ler também:

O que é o Control Chart ?

O control chart, ajuda você a identificar se os dados a partir de um sprint corrente podem ser usados para determinar a performance futura. A partir do control chart você vai poder identificar a capacidade média, a média móvel e o desvio padrão de execução do seu ciclo de desenvolvimento para um determinado período. Observando sempre que quanto menor for a variação do tempo de ciclo de uma tarefa, mas alta se torna a sua confiança para utilizar a média ou média móvel com um indicador de performance futura.

Veja algumas das maneiras para qual você pode utilizar a analise do control chart:

  • Analisar a performance passada do seu time em uma retrospectiva
  • Medir os efeitos da aplicação de alguma mudança para otimização no processo, certificando do ganho ou perda da produtiva do seu time.
  • Dar a visão aos stakeholders do desempenho do seu time.
  • Para o Kanban, utilizar a performance passada para definir as metas para o seu time.


Compreendendo o Control Chart

Vamos compreender o que significam as principais informações a serem utilizadas no gráfico.

  1. Issue Details: Você pode visualizar os detalhes do tempo de ciclo de uma tarefa especifica
  2. Time Scale: selecionar o período de tempo a ser exibido no control chart
  3. Zoom in: Passando o mouse em uma área do gráfico, para exibir as informações da média móvel e desvio padrão de um determinado período específico
  4. Refine Report: Selecionar as colunas e filtros que você quer que seja considerado na exibição do control chart.

Vamos ver abaixo as principais duvidas a cerca do Control Chart. Expanda os tópicos abaixo para visualizar os detalhes:

 O que é o Cycle Time e Lead Time ?

O cycle time é o tempo gasto trabalhado em uma tarefa, normalmente, o tempo é medido quando o trabalho inicia até o trabalho ser completado, isso inclui qualquer tempo trabalhado em uma tarefa. por exemplo, se uma tarefa for reaberta, trabalhada, e concluída novamente, o tempo desse trabalho extra é adicionado no cycle time.

O Lead time é similar ao cycle time, mais o tempo é medido quando a tarefa é registrada (não quando o trabalho realmente inicia) até o trabalho ser completado.

 Como que o Cycle Time é determinado ?

Os status usados para calcular o tempo de ciclo dependem do fluxo de trabalho que você está usando para o seu projeto. Você deve configurar o control chart para incluir os status que representam o tempo gasto trabalhado em uma tarefa. Observe que o gráfico de controle tentará selecionar esses status automaticamente, baseado no seu workflow.

(info) No control chart é importante você representar sempre as colunas que efetivamente representem o trabalho de execução do seu time, para evitar que o tempo em status que ficam aguardando outros controles não desvirtue o indicador de performance do seu time. Por exemplo, configurar os status "In Progress" e "In Review" para indicar exatamente o momentos que representam o esforço de execução do trabalho do seu time. Se você adicionar ao cálculo os Status "Open" e "Done" o tempo em que as tarefas ficaram aguardando nesses status, vão ser considerados no cálculo de performance, e isso não vai refletir a real capacidade de execução do seu time.

 Como que Rolling Average (Média Móvel) é calculada ?

A média móvel (Linha azul no gráfico) é baseada na tarefa, e não no tempo, para cada tarefa exibida no gráfico. A média móvel é calculada monitorando a própria tarefa. X tarefas antes dela mesmo, X tarefas após ela mesmo, e então calculando a média dos seus tempos de ciclo. 20% das tarefas exibidas ((info) sempre um número impar e no minimo de 5 tarefas) é usado no cálculo.


Por exemplo, na imagem abaixo, no momento em que uma tarefa (ponto verde) é exibida, a média móvel é calculada conforme:

  1. pegando as 4 (quatro) tarefas anteriores e as 4 (quatro) tarefas posteriores (das 9 tarefas no total)
  2. A média do tempo de ciclo para as nove tarefas.
  3. Mapeie a linha azul para a média calculada.

Se o Prazo, for reduzido para "duas ultimas semanas", o numero de tarefas usadas reduziria, menos tarefas estarão disponíveis para usar nos cálculos.

Esse método produz uma linha de média constante que mostra outliers (pontos fora da curva) melhor (ou seja, a média de rolagem não se desvia tão drasticamente para outliers (pontos fora da curva)). A linha média móvel também é fácil de entender, já que as inflexões estão relacionadas às posições das tarefas.

 O que a área sombreada azul representa ?

A área sombreada Azul, representa o desvio padrão. Ou seja a variação dos dados atuais a partir da média móvel (rolling average).

O desvio padrão vai fornecer a indicação do nível de confiança que você pode ter dos dados. Por exemplo, se tiver uma faixa azul estreita (Baixo desvio padrão), você pode confiar que o tempo de ciclo para futuras tarefas será realizado dentro da média móvel.

 O que os pontos representam no gráfico ?

Assim como exibido na legenda, cada ponto representa uma tarefa ou um grupo (Cluster) de tarefas:

  • O posicionamento vertical do ponto representa o tempo de ciclo para a tarefa, ou seja, o "tempo decorrido". Para um cluster de tarefas, o ponto é colocado no tempo médio de ciclo do conjunto de tarefas.
  • O posicionamento horizontal indica quando o (s) tarefas (s) realizaram a transição do último status selecionado no gráfico (Colunas). Por exemplo, se você estiver usando o fluxo de trabalho "Desenvolvimento de software Jira" e tiver selecionado "In Progress" e "In Review" como as colunas no gráfico de controle, os pontos indicarão quando a tarefa foi transferida do status "Em revisão" .
 Porque a escala no eixo do tempo transcorrido muda quando são modificados os prazos ?

Se o valor máximo do tempo decorrido no gráfico for menor que 30 dias, uma escala linear será usada para o eixo y. Se for 30 dias ou mais, será utilizada uma escala de energia de raiz cúbica.

Ao alterar o período de tempo, você pode incluir problemas com um tempo decorrido de mais de 30 dias, quando você não o fez anteriormente, ou vice-versa. Isso mudará a escala, conforme descrito acima.

Escala Linear para o tempo transcorrido


Raiz cúbica para o tempo transcorrido


Espero que possam ter aproveitado as dicas e cenários abrangidos para o control chart. Nos vemos no próximo blog da série. Ótimo planejamento e controle (big grin)

Fonte: https://confluence.atlassian.com/jirasoftwareserver/control-chart-938845628.html


Gostou do post? Compartilhe e siga nossas Redes Sociais 


Posts